Cativar




(Trecho de "O Pequeno Príncipe" - de Saint-Exupéry)





Bom dia, disse ele.

—Bom dia, disseram as rosas.
— Quem sois ?  perguntou o príncipe
— Somos rosas.



— Ah! exclamou o principezinho...


E ele sentiu-se extremamente infeliz. Sua flor lhe havia contado que ela era a única de sua espécie em todo o universo.
E eis que haviam cinco mil, igualzinhas, num só jardim!
Depois refletiu ainda:


"Eu me julgava rico de uma flor sem igual,
e é apenas uma rosa comum que eu possuo...
Isso não faz de mim um príncipe muito grande..."


E, deitado na relva ele chorou.
Foi então que apareceu a raposa:

—Bom dia, disse a raposa.
— Bom dia, respondeu polidamente o principezinho.
— Quem és tu? Tu és bem bonita...
— Sou uma raposa, disse a raposa.
— Vem brincar comigo, propôs o principezinho. Estou tão triste.



— Eu não posso brincar contigo, disse ela. Não me cativaram ainda

—Que quer dizer "cativar" ?
— É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa "criar laços..."
— Criar laços ?




Tu és ainda para mim um garoto igual a cem mil outros garotos.


E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim.
Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas se
tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim ÚNICO no mundo. E eu serei para ti única no mundo...


E a raposa continuou:
— Minha vida é monótona. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros.




Os outros passos me fazem entrar debaixo da terra.
O teu me chamará para fora da toca, como se fosse música.





E depois, olha!
Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil.
Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste!
Mas tu tens cabelos cor de ouro. Então será maravilhoso quando me tiveres cativado.
O trigo, que é dourado, fará lembrar-me de ti.
E eu amarei o barulho do vento no trigo...
— Por favor... cativa-me! - disse a raposa.
— Bem quisera, disse o principezinho. Mas tenho pouco tempo
e amigos a descobrir e coisas a conhecer.
A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa.
Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma.
Compram tudo pronto na lojas.
Mas como não existem lojas de amigos, eles não têm mais amigos.
Se tu queres um amigo, cativa-me !


— Que é preciso fazer ?
— É preciso ser paciente. Sentarás primeiro longe. Eu te olharei e tu não dirás nada.
A linguagem é fonte de mal-entendidos.
Mas cada dia sentarás mais perto... E virás sempre na mesma hora.


Se tu vens às 4, desde às 3 eu começarei a ser feliz.
Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz.
Às 4 horas, então, eu estarei inquieta e agitada:
descobrirei o preço da felicidade.
Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de
preparar o coração...
Assim, o principezinho cativou a raposa.


Mas, quando chegou a hora da partida, a raposa disse:
— Ah! Eu vou chorar.
— A culpa é tua, disse o principezinho. Eu não queria te fazer mal,
mas tu quiseste que eu te cativasse...
— Quis.
— Mas tu vais chorar !
— Vou.
—Então não sais lucrando nada!
—Eu lucro, por causa da cor do trigo.
—Vais rever as rosas e volta. Tu compreenderás que a tua é ÚNICA no mundo.
E ele disse às rosas:
— Vós não sois iguais à minha rosa, vós não sois nada.
— Ninguém vos cativou e nem cativastes ninguém.
—Sois como era a minha raposa, mas eu fiz dela um amigo.
—Agora ela é ÚNICA no mundo.
—Sois belas, mas vazias... A minha rosa sozinha é mais importante que vós todas.
—Foi dela que eu cuidei, ela é a minha rosa!
—Adeus, disse ele.
— Adeus, disse a raposa.
—Eis o meu segredo: Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.


Foi o tempo que perdeste com tua rosa que a fez tão importante.
Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer.
Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.
TU ÉS RESPONSÁVEL PELA ROSA...
— Sou responsável pela minha rosa...repetiu ele a fim de se lembrar...






"Tú te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."


grande abraço
Ótimo Fim de Semana,


Ashley Trindade
e-mail: ash.trindade@hotmail.com


Marcadores: , |
Reações: 
16 Responses
  1. eu já até postei sobre esta última frase no meu blog um vez, dizendo que não concordava com ela e outras coisas, apesar de eu ser apaixonado por esse livro, essa afirmação é perigosa porque a situação de cativas nem sempre pode ser controlada pelo cativador , e talvez lhe dÊ uma responsabilidade da qual ele não teve culpa, talvez a frase fosse melhor assim,
    "Tú te tornas eternamente responsável por aquilo que..." cultivas". Assim fica melhor oh rs
    O livro é belíssimo.


  2. Hora da NOSTALGIA, lembrei agora da minha infância, não fiz a leitura do livro mas quando era criança Assistia O Pequeno Príncipe um dos meus primeiros anime!


  3. Adoro o livro e extamente ontem comecei a lê-lo para meu filho...


  4. elidiana Says:

    Mto bom relembrar a infância, especialmente com um trecho de O pequeno principe. Estou agora num momento de pura nostalgia.


  5. Tatá Says:

    O pequeno Principe...meu livro de cabeçeira..Já li,reli e sempre leio quando quero ouvir a voz do coração....ESQUEÇER AS GRANDES COISAS , e pensar nas pequenas mas que são bem mais importantes...Como o amor,a consideração...o CATIVARRR!!

    A e como é dificil cativar nesse mundo de conflitos,inveja...mas estamos ai na luta!!

    e com isso tdo aprendi uma coisa:você não pode esperar o mesmo dos outros, porque nem todos possuem uma alma de pequeno príncipe:" Eis o seu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.”

    “O que torna belo o deserto, disse o principezinho, é que ele esconde um poço nalgum lugar.”


  6. Nostalgia total, escrevendo o post mesmo !!
    De fato, o pequeno príncipe é um livro recomendado a todas as idades mesmo.

    Pessoal adorei os comentários ! Continuem sempre aqui, nesse mesmo horários (na verdade a qualquer horário) e nesse mesmo canal !
    De fato é extremamente satisfatório quando os leitores comentam nos posts (principalmente quando elogiam) ...

    Espero sugestões para novos posts =D
    Abraços Bom fds !

    Ps.: Infelizmente não tenho como postar esse fds, por motivo de viajem - mas segunda feira pretendo estar de volta

    Abraços


  7. Este comentário foi removido pelo autor.

  8. Adorei o post,engraçado ontem mesmo eu lembrava desse que é pra mim um dos trechos favoritos do livro, e coloquei "O essencial é invisível aos olhos." na frase do orkut, hj eu resolvi conferir o blog e olha só!Tô adorando e vou ler sempre!
    Eu peguei o seu msn lá na comu de história, bjos


  9. Olá Ana Carolina,
    Ótimo que tenha gostado do Blog *-*
    Espero que continue nos acompanhando, nos agraciando com tua presença.

    Esse trecho é realmente espetacular.
    Lembrei dele, quando estava de passada por uma livraria e logo de cara encontro o Pequeno Príncipe ... como foi citado a cima, nostalgia total lendo-o.

    Beijos
    Boa noite

    Ps.: ja esta aceita sim no msn ^^


  10. julia Says:

    Ótimo post post ash, pra tocar o nosso coração!!!!
    E o interessante é que vc pôs dentro do contexto (trancrição do trecho) do livro pq as vezes nos deparamos com as frases soltas, mas é tão bom ver o caminho sendo construido assim como vimos toda a construção do significado de cativar pra o pequeno principe...
    adorei!
    c=


  11. Gabriel Says:

    É o melhor livro do mundo, de certeza!
    Já disse uma vez a Thainá, todo mundo deveria ler esse livro ao menos uma vez por ano e principalmente após os 25. Ele é de uma sabedoria sagrada. É incrível.

    Parabéns Ash!


  12. Nossa, que lindo. *-*
    Eu nunca li o pequeno principe mas sei que é uma obra belíssima.

    Adorei otrecho que vocês trouxe pro blog.
    Desculpa por dar uma sumida e por nunca mais ter comentado, mas tava sem tempo. :/

    Beeijo


  13. Gabriel, Obrigado por compartilhar de suas idéias aqui no Blog ! És sempre bem vindo !!


  14. Niick!
    O pequeno príncipe é de fato belíssimo, e muito curto em comparação a toda informação e reflexão que pode nos trazer. De fato uma ótima pedida.

    Quanto a sua ausência, já estava com saudades !!
    Seja Bem vinda novamente. Espero novas postagens no Bastidores em !

    BeiJos


  15. lay°_ Says:

    Que lindoooooo!!!!
    Este livro,faz parte da minha vida.
    Aprendo e aprendi muitas coisas com ele.
    Ameiii o post!

    "Foi o tempo que perdeste com tua rosa que a fez tão importante."


  16. Rapaz, vc tá concorrido, hein.
    Parabéns pela grande audiência do blog, espero que visite o meu, será uma honra ver um blogueiro tão respeitado por lá. Ah, e eu adoro O Pequeno Príncipe. Esse lance de "cativar" sempre me acompanhou, e sempre menciono para meus amigos.
    Que Deus te abençoe!


Postar um comentário

  • Quem sou eu ...

    Minha foto
    Aracaju, Brazil
    Católico, Graduando em História pela UFS.Apaixonado pela História, Literatura, Música, Futebol, etc

    Sigam-me os Bons